Parabéns aos aniversariantes do mês!

 

Aos que completam mais uma primavera neste mês de maio, a Coordenação e o Departamento de Aposentados e Pensionistas desejam muita saúde, paz e alegria.

Dia das Mães especial

 

A Coordenação e o Departamento de Aposentados e Pensionistas planejaram uma programação especial para marcar a data tão significativa para as trabalhadoras e família.

 

Será no dia 16 de maio, uma quarta-feira, das 9h às 15h, no Espaço Cultural do Sintufrj. Para abrir a programação, nada como um café da manhã saboroso e reforçado. Veja o que virá depois:

 

Qualidade de vida – Aula de alongamento e ritmo com os profissionais do Espaço Saúde Sintufrj; e, à tarde, terapias alternativas, como auriculoterapia e palestra sobre qualidade de vida na terceira idade, com a coordenadora administrativa do Espaço Saúde, Carla Nascimento.

Hora da transformação – Profissionais de estética darão dicas de maquiagem e proporcionarão transformações incríveis. Promotoras de marcas de cosméticos, como  Mary Kay, Hinode, Natura, entre outras, estarão à disposição para responder a perguntas relacionadas a cuidados com a pele, cremes, sabonetes e perfumes.

 

No encerramento dessa atividade, será sorteada uma cesta de produtos de beleza.

Curso de informática para aposentados e pensionistas

 

O Sintufrj fechou parceria com o Laboratório de Informática para Educação (Lipe-Nides/CT/H200) e oferecerá aos aposentados e pensionistas da UFRJ a oportunidade de aprenderem a utilizar esta ferramenta, que hoje está presente em quase todas as ações que realizamos

no dia a dia.

A primeira aula será no dia 14 de maio (segunda-feira), das 9h às 11h, no bloco A do Centro de Tecnologia      (CT), porém, os interessados irão se encontrar na sede do Sintufrj, de onde sairão todos juntos na van em direção ao local do curso. São 20 vagas para essa turma, e quem estiver interessado é só comparecer na data e horário estabelecidos.

 

Conteúdo

Serão 10 encontros, e o curso inicia-se por conhecimentos básicos, que inclui exercício de coordenação motora. Haverá espaço, inclusive, para

ensinar os que têm difi culdades em manusear o celular com segurança. O curso será coordenado pela servidora Rejane Gadelha, que tem 30 anos de UFRJ e trabalha com Extensão Universitá- ria. A equipe é composta de alunos da graduação, professores e técnicos-administrativos da UFRJ, e outros colaboradores internos e externos à instituição.

“A nossa intenção com este projeto é fortalecer a categoria e colaborar com o aposentado. A informática é uma linguagem que está no dia a dia, e não precisamos ser especialistas para entendê-la”, disse Rejane.

“O mundo atual não passa sem essa tecnologia”, acrescentou Gilmar Constantino, integrante da equipe do Lipe, citando como exemplo as operações bancárias.

Entre os exercícios ministrados nas aulas, está o acesso à máquina administrativa federal e da UFRJ, porque o servidor, mesmo aposentado, assim como os pensionistas, precisa saber de seus direitos.

Quem não consegue lidar com essa ferramenta, por exemplo, fi ca dependendo de terceiros até para entrar no sistema da Pró-Reitoria de Pessoal da UFRJ e imprimir o contracheque, ou de acompanhar a tramitação de recursos e processos, porque tudoagora é on-line.

 

Aprendizado

ao alcance de todos A metodologia utilizada pela equipe do Lipe é a participativa. “Trabalhamos em grupo, um ajuda o outro. No nosso curso se aprende fazendo, bem diferente dos cursos tradicionais. O aluno faz sua própria apostila com o que vai aprendendo”, explicou Rejane, acrescentando: “Para nós, não importa a área onde o aluno atua ou atuou (no caso do aposentado). A nossa intenção é ampliar, multiplicar o domíniodessa ferramenta.”

 

Aposentados se inscrevem no curso

 

A proposta de parceria do Sintufrj com o Laboratório de Informática para Educação foi apresentada pela direção do Sintufrj aos aposentados e pensionistas na reunião do dia 11 de abril, no Espaço Cultural do Sintufrj. Os presentes aprovaram a ideia e até já se inscreveram no curso, cujos detalhes foram explicados por Rejane Gadelha e Gilmar Constantino, integrantes da equipe do laboratório.

 

Os interessados em fazer parte da turma que será iniciada no dia 14 de maio, no CT, devem comparecer ao Sintufrj nessa mesma data, às 9h. Estão sendo oferecidas 20 vagas. Quem participar dos 10 encontros receberá certifi cado de conclusão do curso. Quem não conseguir se matricular na turma do CT poderá se inscrever no mesmo curso oferecido pelo laboratório em parceria com a Associação de Moradores da Vila Residencial (Amavila). As aulas serão às quartas e sextas-feiras, das 9h às11h30, na Amavila.