MÊS DO TRABALHADOR

Carreira no centro do debate

A Carreira dos técnicos-administrativo foi o tema do painel apresentado por Carlos Maldonado, um dos formuladores sobre o tema desde a década de 1980, e Agnaldo Fernandes, pró-reitor de Pessoal e ex-integrante da Comissão Nacional de Supervisões da Carreira. O evento na tarde desta segunda-feira 21 em auditório do CT faz parte da programação do Mês do Trabalhador, organizado pelo Sintufrj.

Carlos Maldonado e Agnaldo Fernandes são ex-coordenadores do Sintufrj e da Fasubra e integrantes dos grupos de trabalho sobre a Carreira na Federação. Para além da retrospectiva histórica, apresentaram propostas para o futuro da Carreira e a necessidade de atualização do debate diante de novas variáveis políticas postas no cenário do país.

Maldonado delineou a trajetória da categoria que, segundo ele, se confunde com a da Carreira, uma história não acabada, um projeto nacional que não se efetivou. Em particular, disse ele, por conta do impedimento legal da ascensão funcional a partir de 1988. Para ele, é fundamental o debate e a preparação da categoria para enfrentar a conjuntura e recuperar a discussão da Proposta de Emenda à Constituição (PEC), parado no Congresso, que permite a retomada da ascensão nos moldes republicanos.

Para Agnaldo, é urgente refletir o que falta à Carreira para que seja efetiva e não se resuma a um debate sobre tabela salarial. Ele contou que há discussão em curso no Fórum de Pró-Reitores de Gestão de Pessoas sobre a proposta de reorganização da Carreira em dois grandes cargos nos quais seria permitida a mobilidade do servidor que se qualifica. A discussão devera contará com a participação da Fasubra. “Estamos num momento que se a universidade não faz, se o movimento não faz (este debate), o governo vai fazer!”.