Samora Machel atua pela inclusão social

 

O Pré-Universitário Samora Machel é um projeto de extensão universitária e de inclusão social da UFRJ criado em 2003 pelo professor de Química João Massena. O curso prepara jovens e adultos para o acesso ao ensino superior público, gratuito e de qualidade, como também contribui para a formação de cidadãos conscientes. O Samora conta com 27 professores voluntários (bolsistas de graduação e pós-graduação). Mais de 300 estudantes já atuaram no curso e complementaram a sua formação profissional.

A parceria possibilitou, ainda, a ampliação de vagas para os técnicos-administrativos em educação e seus dependentes no Curso Pré-Vestibular do Sintufrj, que passou a ser exclusivo para os sindicalizados e seus dependentes. Antes, também atendia sindicalizados de outras categorias. Outro benefício da parceria foi possibilitar o crescimento do Samora Machel.

“Eram oferecidas 300 vagas; hoje são 362. A inclusão é o mais importante, mas existe também o processo de ensino e aprendizado mútuo com graduandos e pós-graduandos lecionando no curso. As escolas particulares são caras, a escola pública tem sua deficiência, por isso esse projeto é de suma importância”, disse o coordenador de Educação, Cultura e Formação Sindical do Sintufrj, Clério Francisco Rosa.

Em 2015 o Samora aprovou 34 alunos para o ensino superior, a maioria ingressou na universidade pública. Alguns obtiveram bolsas de até cem por cento em instituições particulares pelo bom desempenho no Enem. “Isso prova a qualidade do curso. Agradeço a parceria com o Sintufrj, que tem contribuído muito para a manutenção e o crescimento do curso”, declarou o coordenador do Samora, João Massena.

A boa divulgação do curso pelo Sintufrj levou muitos trabalhadores terceirizados da UFRJ a se inscreverem. Isso cumpriu com o objetivo de promover a inclusão, princípio do curso e do Sintufrj. Segundo Clério, a parceria firmada pela entidade tem se mostrado acertada. “O projeto é de inclusão, pois o gargalo para o acesso ao ensino superior ainda permanece. Por essa razão insistimos na manutenção do Curso Pré-Universitário Samora Machel’, define o dirigente.

CLÉRIO Rosa

EM CONSTRUÇÃO

AULA inaugural do Pré-Universitário Samora Machel