Desde 2015, no primeiro semestre, o Sintufrj oferece cursos de 40, 50 e 60 horas aos técnicos-administrativos em educação, ministrados na subsede sindical, no HU. No ano passado os cursos oferecidos foram: Estado, Governo e Políticas Públicas, Matemática Básica, Redação Acadêmica, Espanhol Instrumental, Inglês Instrumental e Técnicas Básicas de Meio Ambiente. Todos eles com as disciplinas optativas obrigatórias: Ética no Serviço Público e Gestão de Conflitos. Setenta trabalhadores obtiveram seus certificados.

Este ano houve a inclusão dos seguintes cursos: Crise do Neoliberalismo, Políticas Públicas na Educação, Desenvolvimento e Sustentabilidade, Saúde Complementar, Qualidade de Vida, Gramática com Ênfase na Construção de Textos, Estatística Básica, Leitura e Produção de Textos. A disciplina obrigatória deste ano foi Ética no Serviço Público.

A coordenadora pedagógica do CPV-Sintufrj, Maxilene Bastos, comemora a conquista de um dos maiores objetivos do Sindicato: atrair a categoria de volta aos estudos. A dedicação da coordenadora-geral do Sintufrj Ana Célia da Silva (coordenadora de Educação na gestão anterior) para viabilizar os cursos foi fundamental.

O coordenador Clério tem enorme satisfação com a empreitada. Ele destaca que a iniciativa foi resultado da ação política do Sindicato com o objetivo de fazer com que os servidores regressassem à sala de aula. Muitos estavam se aposentando sem alcançar os níveis e os percentuais a que tinham direito, o que fazia com que se aposentassem com baixos salários, porque não havia estímulo nem cursos voltados para sua realidade educacional e de vida.

Os 12 experientes professores do Curso Pré-Vestibular do Sintufrj – hoje transformado, para atender às necessidades do servidor, no atual Intensivão, preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e nos Cursos de Capacitação – são também responsáveis por este sucesso. São eles: Sandra Bragatto, Anna Elizabeth Dreon, Iara Barros, Elísia Maia, Roberta Almeida, Daniel Garcia, André Luis Barbosa, Fernando Linhares, Danielle São Bento, Elayne César, Luana Fragoso e Maxilene Bastos.

Em sua maioria, os Cursos de Capacitação oferecidos tiveram uma boa aceitação pela categoria.

O curso Ética no Serviço Público, obrigatório para todas as turmas, teve uma ótima receptividade dos alunos e resultou em grande satisfação ao seu final. “O tema é atual e necessário para a valorização das relações de trabalho, da universidade, do serviço público e da necessidade de mudanças nas relações”, reflete a professora Elísia Maia.

“Apesar de 30 anos no serviço público e de já ter feito outros cursos oferecidos pelo Sindicato, eu acho muito importante essa iniciativa da entidade. O horário e o local escolhidos são compatíveis para todos”, destacou o funcionário do HU Itamar Roza.

O curso Saúde e Qualidade de Vida, segundo a professora Elayne César, proporcionou aplicação prática dos conhecimentos adquiridos, tais como hábitos de higiene e prevenção sobre infecção hospitalar, cuidados especiais em casos H1N1, HIV, destruindo mitos e esclarecendo dúvidas.

“O grupo se viu estimulado a estudar, pesquisar e descobrir mais sobre os temas trabalhados. O curso foi muito bem aceito pelos alunos e os objetivos foram atingidos. Não houve evasão. Em 2017 o curso será novamente oferecido’, informou Elayne.

Um exemplo de ampliação do conhecimento foi da zeladora da Divisão de Atividades Gerenciais do HU, Carla Madelon Torres, 48 anos. “Escolhi o curso Saúde e Qualidade de Vida para obter mais conhecimento, estar mais informada e ampliar minha visão. Pude saber mais sobre a dengue e seus desdobramentos em outras doenças. Sou a responsável pela dedetização dentro do hospital e o curso foi importante para me qualificar a acompanhar o trabalho de dedetização”, disse.

Os cursos de Espanhol Instrumental/Estratégias de Leitura e Inglês Instrumental/Provas de Mestrado e Doutorado foram e são muito bem aceitos pelos alunos, que pediram sua continuidade. A preparação para as provas de mestrado e doutorado foi um reforço para o técnico em artes gráficas Daniel Gallo, 35 anos. Ele obteve sua proficiência em inglês em abril deste ano.

 “Já fazia outros cursos para aprimorar meu inglês e o curso do Sintufrj reforçou o que eu já sabia. Fiz a prova de certificação de proficiência em inglês e pude ingressar no programa de mestrado. Considero o curso excelente e a dedicação da professora Sandra Bragatto foi total. Só tenho uma crítica a fazer, o curso é muito curto”, declarou Daniel.

O curso de Estatística teve assídua frequência e foi muito elogiado; assim como o curso Gestão de Conflitos contou com excelente participação da turma – os alunos disseram que o curso contribuiu para que lidassem melhor com os conflitos nos seus setores de trabalho.

SALA de aula do curso Saúde e Qualidade de Vida

EM CONSTRUÇÃO